Seguidores

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

TRABALHO E ORAÇÃO


Um velho pescador, bom cristão, gravou num dos remos de sua canoa a palavra “trabalho”, e no outro, a palavra “oração”.
Certo dia, ele conduzia para a outra margem do rio um desses jovens que não rezava mais e tinha abandonado suas práticas religiosas. Ao ver a palavra oração num dos remos, falou ao velho, em tom de ironia.
- Você ainda é dos tempos antigos! Para que rezar? Não basta trabalhar? Eu não perco mais tempo com rezas.
O barqueiro nada respondeu e, como única resposta, parou de movimentar o remo onde estava escrito a palavra oração, movimentando somente o outro, onde se lia a palavra trabalho.
Logo apareceu o resultado: o barco começou a girar em torno de si mesmo.
 Não seguia para a frente, a fim de atingir a outra margem do rio.
Assim o jovem percebeu que, para chegar ao outro lado, era necessário manejar os dois remos.

3 comentários:

  1. Olá, querida Cristiane
    O remo da fé e da vida são indispensáveis para a nossa felicidade completa...
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  2. Oi Cris, amei a historinha... uma boa maneira de exemplificar a necessidade das obras e orações.

    Paz de Cristo!!!

    ResponderExcluir
  3. Fé e obras andam juntas, lado a lado. Abcs

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!