Seguidores

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Vocação e Missão. É tudo igual?


Meus amiguinhos, o mês de agosto foi escolhido por nossa Igreja para pensarmos mais a respeito da Vocação. Nestes trinta dias, nós reforçamos as atividades para que todas as pessoas tomem conhecimento de que Deus nos chama para fazer coisas muito bonitas.

E olha que tem muita gente levando a sério este chamado, como é o caso das catequistas, dos padres, dos diáconos, dos missionários, enfim, de todos aqueles que assumiram uma missão recebida.

Só que tem uma coisa irmãozinhos, às vezes eu confundia vocação com missão. Então fui atrás, pesquisei, conversei com quem entende de vocação e com quem é esperto em missão. O resultado esta aí, vamos lá.

O QUE É VOCAÇÃO?

Primeiro fiquei sabendo que a palavra vocação tem sua origem numa língua que hoje quase não se fala mais, o Latim. Nesta língua, vocação significa “chamar”. O meu amigo Pe. José Lisboa, que entende bem deste assunto, me disse que vocação quer dizer nada mais nada menos que chamado. Ele pediu para não esquecer que há muita gente que confunde vocação com inclinação ou aptidão e isso está errado. É Deus quem chama. Os talentos que temos vão nos ajudar a responder a este chamado.

Sendo assim, Deus chama a mim, a você, o nosso grupo..., nos convidando ao serviço, à doação, à entrega. Neste chamado, o que Ele mais quer é que nós estejamos junto Dele, de seu filho Jesus e do Espírito Santo, participando do amor desta família do céu e da nossa comunidade. Deus chama, mas dá também os carismas e as qualidades que precisamos para assumirmos este chamado.

Na carta do nosso amigo São Paulo para a comunidade de Corinto, na Grécia, ele diz assim:

“É o Espírito Santo que realiza tudo isso, distribuindo seus dons a cada um.” (cf. 1Cor 12,11). É por isso que em nosso meio há pessoas que seguem um caminho, outros seguem outros. Estes caminhos chamamos de vocações específicas. São elas: Vocação Sacerdotal (diáconos, padres e bispos), Vocação Religiosa (irmãs e irmãos consagrados) e a Vocação Leiga (catequistas, lideranças, os pais...).

O QUE É MISSÃO?

Companheiros, vocês irão ficar surpresos: a palavra missão também vem do latim e significa enviar. É Jesus quem nos envia, como Ele mesmo falou: “Vão e façam meus discípulos todos os povos... Ensinando a respeitar tudo o que vos ensinei” (cf. Mt 28,19-20). Pe. Paulo de Coppi, um grande amigo da Infância Missionária, disse que a missão não vem de nós, masé uma resposta ao plano que Deus tem para nós.

É a continuação da missão de Jesus de levar vida abundante para todos. Legal, não é mesmo! A missão de evangelizar é uma missão que também cabe a nós, pequenos missionários. Evangelizar significa apresentar Jesus e tudo aquilo que ele ensinou para as pessoas: paz, ninguém passando fome, alegria, esperança, nada de escravidão, enfim, amor.

VOCAÇÃO E MISSÃO

Depois de pesquisarmos a origem e o significado destas duas palavras, acredito que podemos afirmar que Deus nos chama também para a missão. Com isso, não existe chamado sem missão, como também não existe missão se não houver quem possa realizá-la. Acho que confundi a cabecinha de vocês!

Vou explicar melhor: a vocação, como vimos, é um chamado de Deus para servirmos a todos os irmãos. Esse serviço é a missão. Agora sim! Com isso podemos concluir que vocação e missão não são a mesma coisa, mas elas estão muito ligadas, sendo conseqüência uma da outra.

Na íntegra aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!