Seguidores

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

ANO LITÚRGICO - A, B ou C?



DICAS PRA DESCOBRIR SE O ANO LITÚRGICO é A, B ou C.

A paz de Cristo! 

Muitos irmãos desinformados julgam que as Santas Missas são monótonas pois sempre se lê a mesma coisa ou por que os rituais são sempre os mesmos. Mas logo percebe-se que esses indivíduos que se julgam conhecedores da Liturgia Católica não passam de pessoas superficialistas que deixam o cristianismo de lado pra blasfemar contra um segmento religioso tão importante para a sociedade ao longo dos tempos.

O Ano Litúrgico passa por três grandes ciclos, também chamado de anos A, B, C.

A cada ano tem uma seqüência de leituras próprias, ou seja, leituras para o ano A, ano B e para o ano C. Então, nós músicos católicos precisamos saber antes de mais nada em que Ano Liturgico estamos pra não nos confundirmos no momento de escolher os cânticos referentes às leituras e ao evangelho proferidos nas Celebrações.

Como calcular o ano litúrgico e descobrir em que ano estamos?


Como regra geral podemos dizer que “todo múltiplo de três é ano C", múltiplo de três + 1 é ano A e  múltiplo de três + 2 é ano B

Assim fica fácil calcular.

Vamos lá – por exemplo: 1998 è 1+9+9+8 = 27 (é múltiplo de três) logo é ano C

1999 è 1 + 9 + 9 + 9 = 28 (27+1) = ano A
2000 è 2+0+0+0 = 2 = ano B
2001 è 2+0+0+1 = 3 = ano C
2002 è 2+0+0+2 = 4 (3+1) = Ano A

atualizando.......
2011 é 2+0+1+1 = 4 (3+1) ano A
2012 é 2+0+1+2 = 5 (3+2) ano B
2013 é 2+0+1+3 = 6 (múltiplo de 3) = ano C
2014 é 2+0+1+4 = 7 (6+1) = ano A

PORTANTO, ESTAMOS EM QUAL ANO? FAÇA VOCÊ MESMO O CÁLCULO E ENCONTRE AS LEITURAS BÍBLICAS PRÓPRIAS PARA ESTE ANO.

Você já imaginou a gente escutar as mesmas leituras todos os anos? Assim a Igreja, sabiamente, escolheu para cada ano litúrgico, uma série de leituras. Portanto, não há repetição e sim ciclos.

Frei Rinaldo – OSM

Um comentário:

  1. OBRIGADO POR ESCLARECER SOBRE O ANO LITURGICO QUE EU ESTAVA EM DÚVIDA.

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!