Seguidores

sexta-feira, 30 de março de 2012

A Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém- O Burrinho


Na entrada triunfal de Jesus em Jerusalém fora trazido um burrinho para que o Senhor o montasse e entrasse naquela cidade. Era o primeiro dia de trabalho daquele burrinho, nunca houvera sido montado antes. Estava eufórico com o primeiro emprego.

Chegando à porta da cidade uma grande multidão estava a espera, um alarido muito alto, gritos de Hosana e canções que enalteciam o Mestre. O burrinho todo cheio de si, orgulhoso, porque por onde quer que suas patas fossem colocadas, sobre elas jogavam flores, palmas, mantos. Era demais! Não via a hora de contar para sua mamãe que ficara no pasto e para os seus coleguinhas da fascinante experiência que estava tendo.

Por fim, chegou a hora de retornar para casa. Correndo, não vendo a hora de encontrar com os outros e os primeiros que encontrava à sua frente vai logo despejando as palavras:
Eu sou o burrinho mais feliz do mundo! No meu primeiro dia de trabalho fizeram uma grande festa, porque eu estava iniciando minha jornada como trabalhador.

E contava isso a todos, e inclusive à sua mãe que não demonstrou tanta alegria assim, mas, não pôde falar nada porque o impetuoso filho foi compartilhar com mais alguns que ainda não sabiam da novidade.

No dia seguinte, levantou-se e pensou: Quero voltar lá e reviver aquilo tudo, foi maravilhoso!
Foi, e chegando lá à porta da cidade havia apenas algumas crianças brincando, que ao verem o burrinho começaram a atirar-lhe pedras e a correr atrás dele querendo bater.
Ele volta para o pasto fugido dos seus algozes malfeitores, muito triste.

Não quer conversa com ninguém, com as orelhas murchas, cabisbaixo, chega próximo à sua mamãe e conta a ela como eram ingratos os humanos, pois num dia faziam-lhe festa e em outro o escorraçava.

A mãe em sua sabedoria diz a ele: Filhinho, ontem, você foi com Jesus à Jerusalém, por isso a festa. Hoje você foi sozinho. Sem Jesus, meu filho, você é um burrinho qualquer. Pensem nisso!!!!!!!




3 comentários:

  1. Que legal Cris! Isso serve para nós... sem Jesus somos uma pessoa qualquer tb!

    Beijos,
    Layse

    ResponderExcluir
  2. Linda história!! Uma forma bem legal de mostrar aos catequisandos o quanto Jesus é importante em nossa vida!
    Que Deus a abençoe!
    bjin

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!