Seguidores

quarta-feira, 7 de março de 2012

CREIO DA MULHER

  
Creio em Deus Pai-Mãe que criou a mulher e o homem à sua imagem e os criou para serem parceiros da criação.

Creio em Jesus, Filho do Pai, nascido de uma Mulher chamada Maria, amiga e companheira das mulheres, comadre e vizinha de tantas outras Marias.

Creio em Jesus, Rabi de Nazaré, que chamou mulheres para serem suas discípulas.

Creio em Jesus de Nazaré, que se sentou junto ao poço e falou com uma mulher e lhe revelou ser o Messias e a fez anunciadora da novidade à toda a cidade.

Creio em Jesus, amigo das mulheres, sobre quem uma mulher derrama perfume, em casa de Simão; que se hospeda em casa de Marta e Maria, deixando-se ungir por Maria e servir por Marta.

Creio em Jesus, que curou uma mulher em dia de sábado e lhe restituiu a saúde; que curou a sogra de Pedro e ressuscitou o filho da viúva.

Creio em Jesus que comparou seu Pai a uma mulher que procura uma moeda perdida.

Creio em Jesus que se deixou tocar por uma mulher com hemorragia.

Creio em Jesus, que curou a mulher encurvada e lhe devolveu a dignidade de estar de pé diante da vida e da sociedade.

Creio em Jesus, que numa festa de casamento atende a Mulher e faz correr o vinho novo da festa da vida.

Creio em Jesus, que na madrugada do primeiro dia da semana, aparece a uma mulher e faz dela mensageira da Ressurreição.

Creio na Ruah, Espírito feminino de Deus, que fecunda o ventre de Maria e em todas as mulheres faz acontecer o milagre da vida.

Creio no Espírito Santo, sopro divino, vento impetuoso, hálito da vida, que anima as mulheres na luta.

Creio no Espírito, beijo do Pai e do Filho, que enche as mulheres de graça e ternura.

Creio na Trindade Santa, fonte do amor e da vida de todas as mulheres.


Helena T. Rech

Um comentário:

  1. Lindo demais!
    Eu não conhecia esta oração maravilhosa!
    Que Deus abençoe todas as mulheres!
    Com carinho,
    Angela

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!