Seguidores

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

PALAVRAS...

Para escrever é preciso saber:
o valor de cada palavra e a essência que ela carrega.
É preciso saber de onde ela vem, as transformações porque passou no decorrer do tempo e o que ela carrega em si.
Que marcas o tempo lhe deixou.
A palavra é extremamente sensorial:
tem som, cheiro, cor, textura, sabor, sentimento, emoção.

Uma palavra pode ter muitos sentidos, por isso, ela não pode andar solta por aí.
A palavra tem até espaço, duvida?
Às vezes ela cabe direitinho no que queremos dizer, outras vezes, não. Fica estranha, parece um peixe fora d'água. Aí, precisamos procurar outra palavra. E quando ela confunde a gente? Aposto que já aconteceu com você. Eu já perdi até a conta das vezes que aconteceu comigo. Mas não vamos pros números agora. Que aí é outra história e seria outra crônica.
Eu já ouvi tanta palavra por aí.
Palavra que liberta.
Palavra que magoa.
Palavra doce.
Palavra amarga.
Palavra de amor.
Palavra de paz.
Há palavra que escapa, e acaba se perdendo pelo mundo afora.
Mas há palavra que fica martelando em nossa cabeça.
Umas ficam bem perto do coração, pois entram nele, sem cerimônia alguma.
E ficam anos e anos.
Espero que sejam boas as palavras que você carrega em seu coração.


Maria Goretti de Oliveira, fsp

Um comentário:

  1. Saudações amigas em Cristo Jesus!

    Fiquei muito contente sabendo que, de tão longe, está seguindo o nosso Blogue sementes de esperança!
    É maravilhoso que a Palavra de Deus nos guie e unifique.

    Bom Ano de 2012 para você, sua família e todos os catequistas do Brasil

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!