Seguidores

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

JESUS ESTÁ NO MAIS POBRE E NECESSITADO


Objetivo : Compreender que quando fazemos algo aos mais pobres e necessitado, fazemos ao próprio Jesus.

Ambientação: Colocar um cartaz com as seguintes expressões abaixo.

A direita escrever:

- ajudar
- servir
- visitar os doentes
- dar comida aos que tem fome
- dar de beber a quem tem sede
- vestir os que não tem roupas
- hospedar um peregrino
- visitar um prisioneiro

No centro desenhar o trono, com a coroa e o cetro

A esquerda escrever:

- não servir
- não visitar os doentes
- não visitar um prisioneiro
- não dar comida aos que tem fome
- não dar de beber a quem tem sede
- não vestir os que não tem roupas
- não hospedar um peregrino
- não ajudar

Veja o modelo do cartaz 


Saudação inicial
Queridas crianças: Jesus nos reune hoje novamente, nos convida a escuta-lo, a compartilhar a nossa vida e descobrir novos caminhos para que o mundo seja melhor.

Oração
Querido Jesus, hoje chegamos a última catequese do Tempo comun, finalizando o Ano Liturgico. Jesus te damos graças por tudo o que nos tem dado e ensinado neste ano, ajudando-no na nossa formação cristã.

Atividade
Dividir o grupo em dois. Pedir para que eles observem o cartaz por um determinado momento pensando numa maneira de criar uma pequena apresentação a partir das expressões que estão no cartaz. Cada grupo utiliza um tempo definido pelo catequista para preparar a apresentação.

A mensagem será dada depois através do Evangelho, por isso não importa se as crianças não alcance ou percebam o objetivo proposto

Mensagem do Evangelho
Agora, escutemos o ensinamentos de Jesus e observemos se é igual o que Jesus está nos ensinando e o que apresentamos no nosso teatrinho é o que Jesus nos ensina.

Mt 25, 31-46

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 31“Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso.
32Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. 33E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda.
34Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! 35Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; 36eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’.
37Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? 38Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? 39Quando foi que te vimos doente ou preso e fomos te visitar?’
40Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’
41Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. 42Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; 43eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não me fostes visitar’.
44E responderão também eles: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente ou preso, e não te servimos?’
45Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo: todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!’
46Portanto, estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”.


Reflexão

- O que disse Jesus, quando Ele voltar nos fins dos tempos?

- Quem são os cabritos e as ovelhas?

- Com quem Jesus se identifica para decidir se o temos servido?

- Quem lembra quais são os Mandamentos de Jesus?

Iluminação
Jesus disse que em sua segunda vinda será como um juiz e sua maneira de julgar será a partit do amor. Se estivermos desprendidos de nossos egoísmo dando de comer, de beber, vestindo os pobre, se temos visitados os doentes e encarcerados, se temos ajudados os necessitados, se temos respeitado a vida dos indefesos, seremos benditos e gozaremos do Reino preparado desde a criação do mundo.

Caso contrário aqueles que são egoistas e que não tem partilhado com os pobres, mendigos, necessitados e mais insignificantes, aqueles que tem maltratado, fazendo mau a vida dos outros, para eles sera preparado o castigo eterno.

Agora podemos analisar qual encenação que se realizou em cada grupo, tudo relacionado ao Evangelho. (Dialogar entre todos)

Celebração
Todos devem sentar no chão formando um circulo (não havendo essa possibilidade, formar o circulo em pé mesmo)

Cada um deve pensar se Jesus está contente com ele, ou talvez, não tão contente.

De coração prometemos a Jesus mudar nossas atitudes egoistas.

Rezemos juntos:

Me dizestes Senhor que em meu caminho irei encontrar os famintos por pão, sedentos que virão a mim, enfermos, tristes e solitarios.

Me dizestes que sofres nos pobres, naqueles que estão nú e não tem liberdade, no idoso que espera por amor e nos pequeninos que morrem de fome.

Aqui estou Senhor e quero te amar, Amando-o no pobre e aqueles que sofrem. Tu és o meu pão e a água viva, quem vai a Ti, o amor encontrarás

Nosso Compromiso
- Copiar um versículo, ou palavra, que mais tenha te chamado atenção do Evangelho que meditamos nesse encontro e irá colocar num pequeno cartaz em casa, pode ser no quarto, na sala, onde for melhor.

- Rezar todas as noites para que os cristão sejam mais sensíveis aos sofrimentos de tantas pessoas e ajudemos de verdade a quem mais precisa de nós.

FONTE:CATEQUISAR

2 comentários:

  1. Que lindo! Vou usar essa idéia para a noveninha de natal com as crianças que estamos realizando na nossa comunidade... Bjinhos!

    ResponderExcluir
  2. Linda proposta. Obrigada por partilhar! Um grande abraço e ótimo final de semana, cheio de paz, amor e carinho!

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!