Seguidores

terça-feira, 19 de julho de 2011

Pergunte-me, Mestre: Um ato de coragem


Quando eu reclamo o que não recebo, pergunte-me se sei quanto não dou.

Quando eu me lamento porque sofro, pergunte-me quantas vezes eu faço sofrer.

Quando eu acuso a ignorância, pergunte-me se eu analiso meus próprios conhecimentos.

Quando eu condeno o erro, pergunte-me se eu sei o quanto erro.

Quando eu digo que sou amigo sincero, pergunte-me se analiso-me com sinceridade.

Quando eu me queixo da penúria, pergunte-me quanto possuo mais do que outros.

Quando eu critico o mundo, pergunte-me o que faço para melhorá-lo.

Quando eu me digo modesto, pergunte-me se tenho orgulho de parecer humilde.

Quando eu condeno o mal, pergunte-me se tenho procurado difundir o Bem.

Quando eu deploro a indiferença, pergunte-me se tenho semeado o amor.

Quando eu me aflijo com a pobreza, pergunte-me se tenho usado bem minhas riquezas.

Quando eu reclamo de espinhos, pergunte-me se tenho cultivado rosas.

Quando eu lamento as trevas, pergunte-me se tenho espalhado luz.

Quando eu me ocupo comigo mesmo, pergunte-me se tenho me preocupado com os outros.

Quando eu me revolto contra a doença, pergunte-me o que tenho feito pela saúde.

Quando eu almejo a concórdia, pergunte-me se tenho combatido a discórdia.

Quando eu me digo Seu servo, pergunte-me se tenho servido para alguma coisa.

Quando eu receber as suas perguntas, pergunte-me o que farei quando eu ouvir minhas próprias respostas.

Muitas vezes temos uma certa dificuldade em relacionar-se com Deus, mas Ele sempre continua pacientemente a nossa espera, aguardando o momento de dobrarmos o nosso coração e nos rendermos a Ele.

3 comentários:

  1. Olá,Cristiane!
    Seu blog está a cada dia mais lindo! É sempre um prazer visitá-lo. Que Deus continue te iluminando sempre! Beijinhos,com carinho,
    Angela

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo catequista ,
    Parabéns pelo blog, muito bom.
    Passa no meu blog tem um selinho lá para você.
    roneicatequista.blogspot.com
    Paz de Cristo!

    ResponderExcluir
  3. Cristiane... Graça e Paz! Cada que vez que passo por aqui me surpreendo com as mensagens, lições e sugestões de atividades. Deus te abençoe por tanta dedicação e carinho. O blog revela um pouco de nós. Parabéns! Fausto

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!