Seguidores

quarta-feira, 18 de maio de 2011

REZAR O ROSÁRIO FAZ BEM À ALMA



Havia uma senhora muito simples que vendia verduras na vizinhança.

Certo dia, Dona Joana, conhecida por todos na vizinhança, foi vender suas verduras na casa de uma pessoa fanática e perdeu o terço no jardim da casa dele.

Passado alguns dias, Joana voltou novamente àquela casa. E a pessoa fanática veio logo zombar de Joana, e dizia para ela: – Você perdeu o seu Deus? Ela humildemente respondeu: – Eu, perder o meu Deus? Nunca! Ele, então pegou o Terço e disse: – Não é este o seu Deus? Ela disse: – Graças a Deus o senhor encontrou o meu Terço. Muito obrigada. Ele disse: “- Por que você não troca este cordão com estas sementinhas pela Bíblia? e completou: Isso é IDOLATRIA. Ela suavemente respondeu: – Eu leio a Bíblia todos os dias e rezo o terço, e com o terço eu medito toda a Palavra de Deus que li e a guardo no coração. Ele disse: – Medita a palavra de Deus? Como assim? Poderia me dizer? Respondeu Joana, pegando o Terço: – Posso sim. Quando eu pego a cruz, lembro-me que o filho de Deus deu todo o Seu Sangue, pregado numa cruz, para salvar a humanidade.

Esta primeira conta grossa, me lembra que há um só Deus onipotente. Estas três contas pequenas me lembram as três pessoas da Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. Essa outra conta grossa me faz lembrar a oração que o Senhor mesmo nos ensinou que é o Pai Nosso. O terço tem cinco mistérios que fazem as cinco chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo cravado na cruz, e a cada mistério

tem dez Ave-Maria, que me fazem lembrar os Dez mandamentos que o Senhor mesmo escreveu na tábua de Moisés.

O Rosário de Nossa Senhora tem quinze mistérios que são: os cinco gozosos, os cinco dolorosos e os cinco gloriosos. De manhã, quando me levanto para iniciar a luta do dia rezo os gozosos, lembrando-me do humilde lar de Maria de Nazaré. Ao meio dia, no meu cansaço e na fadiga do trabalho, eu rezo os mistérios dolorosos, que me fazem lembrar a dura caminhada de Jesus Cristo para o calvário;

Quando chega o fim do dia, com as lutas todas vencidas, eu rezo os mistérios gloriosos, que me fazem lembrar que Jesus venceu a morte para dar a salvação a toda humanidade.

E temos ainda os mistérios luminosos, OS MISTÉRIOS DA LUZ. E agora, me diga onde está a IDOLATRIA? Ele depois de ouvir tudo isso disse: – Eu não sabia disso, Joana. você me ensina a rezar o Terço?


Um comentário:

  1. Rivanilda Dias Ribeiro18 de outubro de 2012 12:51

    Muito bonito! Temos que ter força de vontade para orarmos todos os dias o Santo Terço, como pediu nossa mãe celeste:Nossa Senhora

    ResponderExcluir

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!