Seguidores

sexta-feira, 11 de março de 2011

1º DOMINGO DA QUARESMA-TENTAÇÃO DE JESUS NO DESERTO

ALGUMAS ATIVIDADES PARA TRABALHAR COM AS CRIANÇAS.
TEXTO BIBLÍCO : Mateus 4,1-11
 



Historinha da semana:
A floresta em chamas
Essa história parece muito com uma que vocês já conhecem, mas que vocês devem fingir que não, para aprenderem de novo esta bonita lição.

Existia uma floresta linda e bem verdinha, lá moravam vários animais que dependiam das árvores e dos rios para se alimentarem, para construir suas casas, enfim para dar vida a todos eles.


Os animais viviam alegres, soltos pela floresta, brincando e se espreguiçando de lá pra cá e de cá pra lá. Lá moravam a Dona Onça, o Senhor Passarinho, o Galo Pintado, a Ovelha Bela, o Elefante Machão, o Porco Espinho e tantos outros.


Certo dia apareceu pelas bandas de lá, um homem, que cansado de tanto caminhar, resolveu descansar debaixo da macieira.


Enquanto ele descansava, vejam só quem lá apareceu ?! Dona Cobra Cobreira, maldosa e odiada por todos, que como num encanto acordou o homem e pôs a seduzi-lo com suas arquimaldades. Soprava ao ouvido do homem que aquelas árvores estavam atrapalhando os seus planos. Que se ele botasse fogo nelas, sobraria um belo pasto para que ele pudesse criar seu gado e assim ficar rico, rico, muito rico.E vocês já sabem, né, crianças !? Quando fala de dinheiro com o homem, ele fica cego e louco.


Foi nesse meio tempo que o homem então decidiu: vou botar fogo na floresta e assim a tomarei para mim, e a usarei para ficar rico, muito rico.


E assim ele fez, pegou logo um fósforo e se deixando levar pela tentação do mal, colocou fogo na floresta e rapidamente o fogo se alastrou.


Meus Deus, virgem Maria! Foi um Deus nos acuda. Era bicho correndo para todo lado, era fogo alastrando por todo canto. A coisa não ficou boa lá na floresta não. A única que ria da desgraça dos outros era a D. Cobra Cobreira, porque sentiu que o homem havia se deixado contaminar pelo mal .


Enquanto todos corriam apavorados, fugindo do fogo , somente Dona Coelha gritava desesperada para que apagassem o fogo em vez de fugirem .


O urso, com cara de medo, olhou para a floresta e quis ajudar, mas, logo a Cobra colocou sua língua venenosa pra fora e disse ao urso que se ele ajudasse o fogo apagar, poderia perder sua vida , era melhor fugir para outro lugar , afinal ele era grande e corria muito , poderia se salvar .


O urso se deixou cair na tentação da Cobra Cobreira , e com a tentação da covardia, abandonou os amigos e fugiu para bem longe .


Dona Coelha continuava a pedir ajuda para o fogo apagar, que buscassem água para a floresta salvar. Logo, o Senhor Galo quis ajudar, mas a Cobra maldosa, disse ao galo que suas penas poderiam se queimar e assim seria seu fim.Ele vaidoso com sempre, não mais quis ajudar e saiu um correria de não mais parar .


Ainda não satisfeita, Dona Cobra Cobreira , a todos quis influenciar e ouvindo a maldosa , todos se deixaram enganar .


Uns tinham a tentação da preguiça, outros a tentação do não tô nem ai, outros egoísmo e assim por diante. Até D. Coelha a maldosa da Cobra quis seduzir dizendo a ela pra não ajudar, afinal ninguém se importava e porque ela estaria arriscando sua vida para outras salvar? De que vale isso?!


Mas Dona Coelha então decidiu , mesmo não sendo grande e podendo usar apenas de suas patinhas dianteiras , se colocou em ação , ia ao rio com seu pequeno baldinho e jogava toda água que ela conseguia carregar no fogo da floresta , ia ao rio e voltava , ia ao rio e voltava . Enquanto os bichos corriam iam percebendo a ação da Dona Coelha, foi quando Dona Onça virou -se para a coelha e disse :


_ Que isso ,comadre ?! Você pretende apagar todo o fogo da floresta com esse seu minúsculo baldinho ?


Ela, então, apertada andando de lá pra cá se virou e disse:


_ Sei que ele é pequeno e pode até não apagar o fogo da floresta , mas eu estou fazendo a minha parte .

Foi nesse instante, crianças , que Dona Onça abriu seus olhos e chamou a todos para que juntos pudessem salvar a floresta , os rios e a vida deles próprios . Pediu que cada um fizesse a sua parte e que o fogo da floresta apagasse. D. Cobra ficou louca de raiva e vendo que o bem estava por perto, fugiu brava para o meio do mato quente...

Todos os bichos então, armados de baldinhos, unidos sobre o comando do Rei Leão, conseguiram o fogo da mata apagar, livraram a natureza da destruição e agora estão replantado tudo que se queimou, ajudando a natureza a se recuperar do grande estrago causado pela tentação do mal. A floresta está se recuperando aos poucos, mas o bonito foi que eles, agora, estão mais preparados para não se deixarem cair na tentação do mal.e na busca da paz conseguirão vencer o mal .


E nós,crianças, também temos feito à nossa parte contribuindo para que nenhuma tentação interfira na nossa paz ? Cuidando bem do nosso coração, ou estamos deixando que o mal nos seduza para que tudo seja destruído? Como temos cuidado de tudo que nos cerca , principalmente da natureza ?


 http://www.catequisar.com.br/texto/missa/layout.htm














 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!"

OBRIGADA POR DEIXAR SEU COMENTÁRIO!